MISSIONÁRIOS WESLEYANOS CHEGAM EM NAMPUTA

Pastor Marcos Batista de Oliveira 942 visualizações 2012-08-26 07:55:46 unknown

Acabei de receber nesta manhã, o reenvio feito pelo Secretário geral de Missões, Pr Amilton Fernandes, do e-mail dos Pr. Tavares e Mis. Cecília, sua esposa, dando a conhecer de que já estão em terras africanas, mais especificamente em Moçambique, para onde o Senhor lhes tem direcionado o ministério. Pouco antes da sua partida do Brasil, estivemos reunidos em São Paulo, por ocasião da reunião da SGM. Pudemos ali perceber como Deus é maravilhoso; como de fato Ele chama; prepara o obreiro, dando-lhe a disposição necessária; e, envia para o campo. Sua Obra na terra jamais sofrerá problema de continuidade. Ele sempre despertará e enviará um para seguir adiante com a Obra iniciada por outra. É justamente esse pluralismo ministerial que enriquece a igreja. Na diversidade dos dons ministeriais ela se torna mais experimentada e sua visão se amplia, experimentando uma ênfase ministerial de um obreiro aqui e outra de outro obreiro ali. O somatório é de fato uma igreja edificada e forte. Pr Tavares e Mis. Cecíclia, já com o ministério consolidado em sua Região Eclesiástica; com um lindo templo construído; residindo em uma casa maravilhosa; no conforto de uma estabilidade junto aos filhos e lindos netos; não endureceram sua cervis, ao ouvirem o gemido das almas e ao serem impelidos pelo Espírito a se colocarem à disposição do clamor missionário.  Obreiros assim merecem nosso respeito; admiração; apoio e oração. Devemos nos dispor a segurar a outra ponta da corda, oferecendo-lhes o respaldo necessário para que sejam brilhantes no cumprimento do propósito divino para suas vidas neste momento.  Deus seja louvado!

Veja mais...

Pregue a Palavra

Bispo José Damião 844 visualizações 2012-08-10 18:14:43 unknown

Prega a Palavra, insta, quer seja oportuno, quer não, corrige, repreende, exorta com toda a longanimidade e doutrina. 2Tm 4.2 “Alguns púlpitos hoje estão sendo transformados em palco de entretenimento e as mensagens são construidas com as iguarias da cultura pós-moderna para agradar o paladar de um emergente público evangélico. Sermões recheados das ideias de Skinner, Piaget, Abraão Maslow,  Carl Jung e Freud do que os preciosos ensinos do Senhor Jesus”. Parece que estamos perdendo as nossas convicções na suficiente Palavra de Deus e adotamos pensamentos dos pensadores “que regem o mundo a partir do túmulo”.   Nossas igrejas clamam por pregadores que tenham a mente  repleta  das verdades eternas e o coração encendiado com o fogo divino. Fogo no púlpíto significa fogo na igreja e conversões genuínas.  Sermões mortos não geram vidas. É distribuir água de uma cisterna rota. Infelismente, vemos igrejas perderem sua influência de sal da terra e luz do mundo e ao mesmo tempo percebemos surgir em nosso meio uma religião fria, indiferente e descompromissada com as verdades eternas.   Lembre-se que a pregação cristocêntrica e no poder do Espírito Santo é poderosa até para arrancar uma igreja enterrada sob os escombros das heresias modernas e fazê-la triunfar vitoriosamente como um “exército com bandeiras”.  Com muito respeito e temor concluo com uma firmativa e um apelo. Afirmativa: A maior tragédia da Igreja nos dias atuais é pregadores frios,secos, vazios de unção e sem poder e sem motivação. Apelo: Conclamamos a nova geração de pregadores wesleyanos que busque o fogo da paixão santa pela pregação das Escrituras Sagradas. Pois,  somente a Palavra de Deus preenche e anima, no poder do Espírito Santo, toda a vida da Igreja. 

Veja mais...

NOVO SISTEMA

Pastor Marcos Batista de Oliveira 918 visualizações 2012-08-07 09:48:21 unknown

Temos já percorrido um longo caminho, desde que tudo começou, na informatização da Igreja. Tudo começou lá atrás, no final da década de 90, quando ainda tudo se deu apenas como uma inspiração. Era tudo tão novo... tão inovador! A tecnologia da informação acabara de chegar no Brasil. Um grande salto tecnológico que deixava até as 

Veja mais...

CONFIRMANDO NOSSOS MARCOS

Bispo Elisiário 1163 visualizações 2012-08-07 08:53:09 unknown

É sabido de todos nós que uma pessoa só é dona de sua propriedade que adquiriu quando ela é detentora da documentação correta, tal como exigem as leis vigentes. Do contrário tal pessoa pode ser dona de fato, mas não de direito. Quando nos atemos aos valores espirituais, chegamos à conclusão, que não é suficiente dizermos que somos religiosos, que temos fé em Deus, que somos seguidores de Jesus, ou até mesmo confessarmos a nossa esperança na vida eterna, quando os nossos atos atestam o contrário. Ninguém melhor do que Jesus para chamar a atenção daqueles que se urfanavam de suas práticas religiosas, mas que estavam vazias dos princípios fundamentais, que devem reger a vida de todo aquele que se dispõe a servir a Deus.  “Aí de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e tendes negligenciado os preceitos, ais importantes da Lei: a justiça, a misericórdia e a fé; porém, fazer estas coisas sem omitir aquelas!” (Mt. 23.23). Seguindo este mesmo princípio, entendemos que isso também aplica-se a igreja em nossos dias, uma vez que o cristianismo vai tornando-se desacreditado por culpa daqueles que se dizem cristãos. Entendo que corrigir o curso das coisas não é uma tarefa fácil, mormente, porque temos muitas previsões bíblicas sobre o que aconteceria nos últimos dias, onde a fé genuína tornar-se-ia rara, tal como já começamos a presenciar, uma vez que não são poucos os que a sacrificam em troca de uma posição mais cômoda no meio em que vive a fim de não serem molestados pela pressão deste século que sempre manterá sua posição contra os preceitos divinos. Sim, mas para falar com franqueza, digo que a minha grande preocupação, tem a ver com a família wesleyana, uma vez que a mesma está inserida neste contexto de relativismo, permissividade, e tudo mais que tem a ver com as inovações que surgem prometendo recompensa imediata  em detrimento dos valores eternos, ou seja, que estão em consonância com os princípios do Reino de Deus. Em face a tudo isso, resta-nos a conclamar a todos aqueles que fazem parte da IMW, a que não se contentem em dizer que são membros desta Igreja, mas que tragam em seu modo de vida, um compromisso sério de honrarem este nome, sobre tudo, porque entendemos ser parte do corpo de Cristo, e para tanto devemos ter a santidade como estilo de vida, a fim de louvarmos a Deus e assegurarmos a nossa entrada nos céus. Que o Senhor nos ajude!

Veja mais...

ULTRAPASSAMOS A CASA DOS 100 MIL MEMBROS

Pastor Marcos Batista de Oliveira 1319 visualizações 2011-07-03 09:53:48 unknown

   Crescer é um fator natural em tudo que tem vida. Na natureza, a semente por si só germina, se desenvolve em forma de planta, produz seus frutos, que por sua vez também darão sementes que repetirão o processo. Na vida humana não é diferente. Toda criança que nasce, se tem saúde, seu crescimento será certo. E como é bom acompanhar o desenvolvimento de uma criança! A gente se admira com cada fase por ela alcançada... nos deixa maravilhados. Acompanhar o crescimento da igreja é de igual modo deslumbrante. Ver uma igreja local crescer e avançar, progredir, crescer. Edifica a quem vive intensamente a vida da igreja. Agora, imaginem poder acompanhar progressivamente o desenvolvimento da denominação como um todo. É impressionante a alegria que se sente em cada etapa alcançada e em cada momento de superação por parte dela.   A Igreja Metodista Wesleyana traz sobre si um peso das promessas de Deus. Ela nasceu sob a égede do Espírito Santo. Nasceu acreditando que a "linha de esplendor sem fim" é sem fim. Sob a palavra profética de que Deus a conduziria por "caminhos ainda mais excelentes". Homens e mulheres de Deus deram de si para a construção da nossa amada Igreja. O legado que nos deixaram, mais que um CNPJ, mais que bens patrimoniais, foi o exemplo de uma vida inteiramente voltada para Deus e para o bem da Igreja. Ficou o exemplo de uma vida abnegada e dedicada na conquista e no cuidado das almas; daqueles que dia a dia o Senhor vai acrescentando à Igreja como sua membresia. Os primeiros 10 mil membros foi algo já marcante e aconteceu muito rapidamente. A efusão do Espírito sempre marcou a Igreja Metodista Wesleyana com momento de grandes colheitas de almas. Deus nos tem marcado como celeiro de almas para a glória dEle. E vejam que ainda não se cumpriu em nós toda a promessa dEle. Temos potencial para sermos uma Igreja de um milhão de membros e tantos mais quanto o Senhor nos der. Temos propósitos; temos obreiros comprometidos; dispomos de membros voluntariosos para o trabalho, enfim, Deus pode contar conosco. E é por isso que temos colhido como resultado, a marca que hoje alcançamos. Para a glória de Deus, nosso banco de dados hoje, soma 118.404 membros e congregados. Isso sem considerar que ainda temos um pouco mais de 3.500 membros a serem inclusos no rol. Na verdade, estamos ultrapassando a casa dos 120 mil membros. É hora de cada obreiro, cada congregação e cada igreja, parar um pouco, meditar no que isso significa, culturar e adorar a Deus em ação de graças e, daí, repensar o que mais se pode fazer para dobrar esse número e em quanto tempo pretende isso. Que o Senhor nos abençoe nisso.  

Veja mais...

GESTÃO FINANCEIRA

Pastor Marcos Batista de Oliveira 1708 visualizações 2011-07-02 08:04:11 unknown

Veja mais...

REGIÕES CRESCEM MARAVILHOSAMENTE

Pastor Marcos Batista de Oliveira 1261 visualizações 2011-06-30 18:55:52 unknown

A natureza da igreja é de crescimento. Ela é vocacionada para avançar, mesmo que em lutas e dificuldades. Nada pode impedir sua marcha triunfal, no resgate das almas... No esvaziamento do inferno para encher o céu. Nada, nem ninguém pode impedir a igreja de alcançar os propósitos de Deus na vida da igreja. Mesmo que ela sofra baixas temporárias; mesmo que ela fique por momentos estagnada, logo soprará sobre ela o vento do Espírito trazendo-lhe renovo, novo ânimo, e ela avançará. A boa mão de Deus é com a igreja local que se mantém sob os propósitos de Deus. Quero, em nome da CGIE, prestar homenagem a 2 das regiões, pelo crescimento obtido no primeiro semestre do ano: A primeira delas a que quero me referir é a II RE, dirigida pelo bispo Calegari. Certa feita ouvi o bispo Segastião Calegari dizer: "Sou um vendedor de sonhos"  Um líder que consegue fazer seus liderados sonhar, só pode esperar destes que produzam grandes resultados. Uma equipe bem formada, orientada por um planejamento cuja estrutura funcional provoca o florescimento do que cada um tem de melhor em seu ministério, sem dúvida, culminará no crescimento. E, desta forma, a II RE chega ao final do primeiro semestre com quase 20 mil membros. A outra delas é a II RE, que dia a dia avança sem parar. Ultrapassou a cas dos 12 mil membros. Espero em breve registrar seus primeiros 15 mil. Aleluia!!! Nossa observação indica ali uma equipe bem motivada. O que se pode dizer dessa motivação, é que é resultante de uma liderança dinâmica e participativa, mas, principalmente, de uma grande operação do Espírito Santo na vida das igrejas locais, pastores e demais líderes. E, como dizia Wesley: "onde estiver pegando fogo, o povo corre para assisti-lo"  Em nome da CGIE, agradecemos a Deus por esses frutos e por tudo que Ele ainda fará nessas e nas demais regiões eclesiásticas.

Veja mais...

CGIE DESENVOLVE NOVO SISTEMA

Pastor Marcos Batista de Oliveira 1241 visualizações 2011-06-30 07:56:54 unknown

 A CGIE, por meio do setor de programação, cria e desenvolve um novo programa que permitirá um melhor gerenciamento de dados e planejamento nas ações da Igreja. Trata-se do sistema de gerenciamento de dados para os distritos eclesiásticos, onde os senhores e honrados superintendentes distritais poderão ter:

Veja mais...