Sobre o autor

Pastor Marcos Batista de Oliveira

Presidente da CGIE

CRESCIMENTO DA IMW EM 2012

Pastor Marcos Batista de Oliveira 1148 visualizações 2012-11-02 14:49:17 unknown

Deus colocou em nossas mãos a bandeira do avivamento espiritual. Isso é sabido desde os ídos de 65, 66, quando, nos montes; vigílias e consagrações, orações que se fazia aqui e ali, na busca pelo derramar do poder do Espírito Santo sobre a igreja brasileira, o Espírito de Deus usava a seus profetas para afirmar que levantaria um povo especial em nossa Pátria, naqueles tempos, em cujas mãos colocaria a bandeira do avivamento espiritual. Logo, logo surgiu a Igreja Metodista wesleyana, "forte e vigorosa", cheia de poder. Seu fenomenal crescimento tem a marca da ação sobrenatural do avivamento espiritual, experimentado por seus primeiros pastores e membros que, na unção para a evangelização, geraram filhos e filhas na fé, de igual modo comprometidos em levar o testemunho da fé ao conhecimento de outrens, ganhando almas preciosas para o Reino de Deus. Eram apenas 5 homens, que despojados de si mesmos, ali estavam rendidos, entregues à mercê da vontade de Deus; prontos a seguir por outros "caminhos mais gloriosos". Conforme lhes dizia a carta rosinha que lhes escrevera o então bispo que lhes convidara a se retirar das lides metodistas, por haverem sido cheios do Espírito Santo; motivado, por certo, pelo entendimento que se tinha à época, na igreja mãe. A boa mão de Deus lhes fora favorável, e a novel Igreja começou a se consolidar rapidamente, aqui e ali. Iniciada portanto com apenas 05 homens, não demorou muito para ter um crescimento fenomenal. Os primeiros anos marcaram um crescimento verdadeiramente surpreendente. chegava a dobrar e triplicar de membros e até mais. Assim, quando me converti, na IMW central de Governador Valadares, a denominação já contava, com apenas 11 anos de existência, com mais de 7 mil membros. Agora, fechando a estatística 2012, em nosso ano eclesiástico, constatamos uma igreja não menos vigorosa que dos seus primeiros momentos de existência, com um total de membros e congregados, que somam um total de 126.946 e 115.768, sem os congregados; contando apenas os membros ativos. Isso significaria, em circunstâncias normais, que demoraríamos mais 45 anos para chegarmos a pouco mais de 300 mil membros. No entanto, potencialmente, estamos preparados para chegar a isso em 10 anos... Se entendermos a vocação de nossa herança teológica e histórica, assim como do propósito de Deus em nossa vida. Somos herdeiros de um grande passado; portadores de um grande presente e construtores de um grande futuro. Vamos tributar a Deus toda honra e toda glória!

Veja mais...

A CONTRA-REFORMA E SUA CONTEMPORANEIDADE

Pastor Marcos Batista de Oliveira 1095 visualizações 2012-10-31 10:21:30 unknown

No Séc. XVI, como é sabido, iniciou-se o movimento das chamadas Reformas Protestantes. A bem da verdade, o digamos, os louros desse movimento recaíram com maior peso sobre Lutero, merecidamente, pois ele foi a figura mais proeminente desse levante em protesto as aberrações teológicas e doutrinárias da Igreja Católica. Mas outras grandes ações coroaram a Reforma de vitória. Tais como: o anglicanismo e mesmo o calvinismo. Com suas 95 teses, Lutero foi ferrenho contra a crença, mas principalmente contra a prática romanista, de busca desenfreada pela riqueza e pelo luxo, fazendo disso seu simbolismo de poder e graça. Uma época em que os padres mal sabiam fazer uma reza ou celebrar uma missa. O luteranismo caiu na graça de uma população insatisfeita e subjulgada pelo catolicismo. Mesmo no meio político, totalmente dominado pela Igreja Católica, viu em Lutero um nome para contrapor-se à Roma. E deram a ele total apoio; na esperança de que quebrando o jugo romano, também eles ficassem livres da imposição política papal. Claro, Roma não deixaria isso de graça. E, de pronto, isso forçou que padres; bispos e o próprio papa se refurgiassem em Trento, cidade italiana, em Concílio, para dirimir sobre essas questões; avaliar o quadro e retomar posições. Esse foi o início da chamada Contra-Reforma; assim denominada porque tratava-se de um levante na tentativa de frear ao avanço da Reforma e contrapor-se a ela.

Veja mais...

CONCÍLIOS; ONDE SERÃO REALIZADOS?

Pastor Marcos Batista de Oliveira 3286 visualizações 2012-09-28 17:33:17 unknown

Como já dissemos em outro artigo, o Concílio Regional é a reunião mais importante em uma Região Eclesiástica, do ponto de vista administrativo e eclesiástico. Pois é ali que se faz uma avaliação retrospectiva de todos os andamentos da Igreja, em seus limites, assim como dos diversos setores representativos de seus seguimentos. Não só isso, como também, é a ocasião em que olhamos para frente e enxergamos o que há de desafio à nossa fé e às inspirações do nosso coração. É a ocasião oportuna para nos sentirmos desafiados por Deus em avançar um pouco mais; romper os limites de nós mesmos e ousarmos sonhar com coisas maiores e melhores. Pois o que Deus tem para nós não é nada menos que isso.  Cada wesleyano precisa nutrir no peito o sentimento de que Deus o levantou como herdeiro de um grande passado; portador de um grande presente e construtor de um grande futuro. Essa é nossa herança bíblica; teológica e histórica. Grande é o nosso legado, por isso não podemos limitar a ação de Deus em nossa vida. Cada pastor; cada obreiros leigo; cada membro; assim como cada um daqueles outros que compõem a fileira wesleyana, está debaixo de uma cobertura espiritual maior que cada um, individualmente. A promessa ainda arde hoje no peito da Igreja, de quando Deus a levantou: "Em suas mãos colocarei a bandeira do avivamento espiritual para essa nação..." Ainda ontem participei de um culto onde um presbítero que tivera a oportunidade, bradou: "Deus quer fazer hoje mais que fez ontem... quem estará disposto a permitir que Ele o faça em sua vida?" Parece que essa é a questão; estarmos dispostos. Disposto a ouvir e a ser obediente ao chamado divino. O Concílio, sem dúvidas, é um lugar propício para uma releitura do ardor pela vocação e da predisposição em ouvir e a obedecer a voz do Senhor. Que Ele nos abençoe! 

Veja mais...

CONCÍLIOS REGIONAIS

Pastor Marcos Batista de Oliveira 1301 visualizações 2012-09-17 14:38:58 unknown

 Vem aí mais um Concílio Regional. Antes mesmo que ele aconteça, é época de avaliações diversas de todo procedimento eclesiástico; administrativo e ministerial da Igreja; em suas respectivas Regiões Eclesiástica. No entanto, ali será apenas o ápice dessas ocorrências. Ela deve acontecer, antes de tudo, em sua fonte primária, na igreja local e nos distritos. Cada pastor e cada superintendente distrital deve sentar-se para fazer suas contas e relatórios. No entanto, tão importante quanto preparar suas malas para evento de tal envergadura, é atualizar o sistema de administração eclesiástica da denominação, intitulado Pae On Line, que funciona a partir do nosso portal geral www.wesleyanahost.com. Coloque tudo em dia: membresia, patrimônio e finanças. Não deixe para as últimas horas. Faça agora. Proceda com as baixas necessárias e faça todas as incluões. Registre todas as movimentações financeiras. As da Sede e as das Congregações. Cada uma em seu lugar próprio. Caso tenha qualquer dificuldade, apele para o presidente da Comissão Regional de Informática e Estatística. Em última análise, para a Comissão Geral. Estaremos a seu dispor. Cada pastor é depositário fiel das informações administrativas da Igreja. Se falhar nesses registros, sua falha vai se refletir no todo da cadeia administrativa da Igreja. Portanto, sejamos fervorosos no espírito, servindo ao Senhor. Um grande abraço a todos. CGIE  

Veja mais...

HISTÓRICO DE NOMEAÇÕES

Pastor Marcos Batista de Oliveira 1246 visualizações 2012-09-16 17:30:58 unknown

  

Veja mais...

NOVOS TEMPOS EXIGEM NOVAS FERRAMENTAS

Pastor Marcos Batista de Oliveira 1054 visualizações 2012-09-05 12:41:56 unknown

Tenho percebido por parte de muitos pastores, colegas aos quais tanto amo, certos olhares como se da minha parte não houvesse nenhum sentimento de solidariedade pelo fato de não saberem trabalhar com a tecnologia da informática. Mas isso não é verdade. No entanto, os tempos modernos exigem que nos valhamos dos recursos que a vida coloca à nossa disposição, para aperfeiçoarmos os procedimentos e avançarmos na agilização de resultados. Na administração, não podemos abrir mão da tecnologia da informação. Não podemos pensar em oraganização; controle; interatividade na troca de informações; tabulação de dados e avaliação dos marcos referenciais da Igreja, nos valendo dos mesmos recursos de outrora; os tempos mudaram; os procedimentos também. Isso exige de nós uma nova configuração na maneira de agir e encaminhar as coisas. Se antes nos dávamos por contentes em tabular os dados da Igreja e analizá-los apenas de 6 em 6 anos, hoje, diferentemente, precisamos entender que isso é muito pouco. Nos deixará aquém de tudo que está ocorrendo à nossa volta. De igual modo se pensarmos que se alguém necessita de alguma informação, então que mande uma carta por Correios a um setor tal daquela Região em questão, para que então se dirija ao SD tal, que busque o pastor X, que por sua vez, se reportará ao departamento tal para informar quantas pessoas do sexo tal fazem parte dele. Ufa!!! Depois disso, se a informação por ventura tiver chegado lá como partiu da ponta inicial, então que se faça todo o caminho de volta até a fonte de origem. Bom, não preciso dizer que depois de tudo, a "inês" é morta. Em qualquer nível de gestão, desde à igreja local, as coisas precisam sim estar logo ali, à mão. De modo que a um toque de dedos, se obtenha os resultados pretendidos, no campo da informação. Se um gestor estiver sobrevoando a Ásia, do avião ele consiga obter dados de qualquer setor da sua área de trabalho, ao toque de um dedo. É nesse rumo que estamos andando. Os usuários mais atentos podem observar mudanças substanciais sendo implementadas. E outras tantas estão a caminho. Ainda agora estamos desenvolvendo uma nova versão do PAE ONLINE e outra do programa das Comissões. Assim, as igrejas locais e as Comissões poderão obter relatórios mais satisfatórios às suas necessidades e planejar melhor suas ações, com base neles. Para isso, alguns passos precisam ser dados: 1- cada pastor, por mais que isso lhe pareça difícil, procure uma escola de informática e solicite para fazer um curso básico.  2- Quem já o fez, solicite um a nível intermediário. 3- Se já o tem, faça agora o avançado. Sabendo que com o nível básico você já poderá navergar na internet. 4- De tudo, em sua igreja existem pessoas que podem ajudá-lo a navegar no sistema. Peça ajuda a elas. 5- Alimente sempre o banco de dados do nosso sistema. Faça lançamentos diários e imprima relatórios segundo a sua necessidade. 6- Atualize sempre o cadastro da igreja com todas as informações ali solicitadas. Se não detectou a data certa da organização da igreja, procure uma data aproximada. 7- Matenha o cadastro do pastor em ordem. Principalmente seus contatos. Da nossa parte, a CGIE sempre estará aqui à sua disposção. Pr Marcos Batista - CGIE

Veja mais...

RÁDIO W5

Pastor Marcos Batista de Oliveira 932 visualizações 2012-08-26 08:10:39 unknown

Esta é mais uma ferramenta à disposição dos nossos usuários. Temos constatado que muitos deles passam bastante tempo trabalhando no sistema PAE ON LINE ou simplesmente navegando nas páginas do portal wesleyanahost.com. Detsa forma, para que suas visitas se tornem mais agradáveis e edificantes, a CGIE está colocando à disoposição de todos, mais este recurso.

Veja mais...

MISSIONÁRIOS WESLEYANOS CHEGAM EM NAMPUTA

Pastor Marcos Batista de Oliveira 1046 visualizações 2012-08-26 07:55:46 unknown

Acabei de receber nesta manhã, o reenvio feito pelo Secretário geral de Missões, Pr Amilton Fernandes, do e-mail dos Pr. Tavares e Mis. Cecília, sua esposa, dando a conhecer de que já estão em terras africanas, mais especificamente em Moçambique, para onde o Senhor lhes tem direcionado o ministério. Pouco antes da sua partida do Brasil, estivemos reunidos em São Paulo, por ocasião da reunião da SGM. Pudemos ali perceber como Deus é maravilhoso; como de fato Ele chama; prepara o obreiro, dando-lhe a disposição necessária; e, envia para o campo. Sua Obra na terra jamais sofrerá problema de continuidade. Ele sempre despertará e enviará um para seguir adiante com a Obra iniciada por outra. É justamente esse pluralismo ministerial que enriquece a igreja. Na diversidade dos dons ministeriais ela se torna mais experimentada e sua visão se amplia, experimentando uma ênfase ministerial de um obreiro aqui e outra de outro obreiro ali. O somatório é de fato uma igreja edificada e forte. Pr Tavares e Mis. Cecíclia, já com o ministério consolidado em sua Região Eclesiástica; com um lindo templo construído; residindo em uma casa maravilhosa; no conforto de uma estabilidade junto aos filhos e lindos netos; não endureceram sua cervis, ao ouvirem o gemido das almas e ao serem impelidos pelo Espírito a se colocarem à disposição do clamor missionário.  Obreiros assim merecem nosso respeito; admiração; apoio e oração. Devemos nos dispor a segurar a outra ponta da corda, oferecendo-lhes o respaldo necessário para que sejam brilhantes no cumprimento do propósito divino para suas vidas neste momento.  Deus seja louvado!

Veja mais...

NOVO SISTEMA

Pastor Marcos Batista de Oliveira 1054 visualizações 2012-08-07 09:48:21 unknown

Temos já percorrido um longo caminho, desde que tudo começou, na informatização da Igreja. Tudo começou lá atrás, no final da década de 90, quando ainda tudo se deu apenas como uma inspiração. Era tudo tão novo... tão inovador! A tecnologia da informação acabara de chegar no Brasil. Um grande salto tecnológico que deixava até as 

Veja mais...

ULTRAPASSAMOS A CASA DOS 100 MIL MEMBROS

Pastor Marcos Batista de Oliveira 1464 visualizações 2011-07-03 09:53:48 unknown

   Crescer é um fator natural em tudo que tem vida. Na natureza, a semente por si só germina, se desenvolve em forma de planta, produz seus frutos, que por sua vez também darão sementes que repetirão o processo. Na vida humana não é diferente. Toda criança que nasce, se tem saúde, seu crescimento será certo. E como é bom acompanhar o desenvolvimento de uma criança! A gente se admira com cada fase por ela alcançada... nos deixa maravilhados. Acompanhar o crescimento da igreja é de igual modo deslumbrante. Ver uma igreja local crescer e avançar, progredir, crescer. Edifica a quem vive intensamente a vida da igreja. Agora, imaginem poder acompanhar progressivamente o desenvolvimento da denominação como um todo. É impressionante a alegria que se sente em cada etapa alcançada e em cada momento de superação por parte dela.   A Igreja Metodista Wesleyana traz sobre si um peso das promessas de Deus. Ela nasceu sob a égede do Espírito Santo. Nasceu acreditando que a "linha de esplendor sem fim" é sem fim. Sob a palavra profética de que Deus a conduziria por "caminhos ainda mais excelentes". Homens e mulheres de Deus deram de si para a construção da nossa amada Igreja. O legado que nos deixaram, mais que um CNPJ, mais que bens patrimoniais, foi o exemplo de uma vida inteiramente voltada para Deus e para o bem da Igreja. Ficou o exemplo de uma vida abnegada e dedicada na conquista e no cuidado das almas; daqueles que dia a dia o Senhor vai acrescentando à Igreja como sua membresia. Os primeiros 10 mil membros foi algo já marcante e aconteceu muito rapidamente. A efusão do Espírito sempre marcou a Igreja Metodista Wesleyana com momento de grandes colheitas de almas. Deus nos tem marcado como celeiro de almas para a glória dEle. E vejam que ainda não se cumpriu em nós toda a promessa dEle. Temos potencial para sermos uma Igreja de um milhão de membros e tantos mais quanto o Senhor nos der. Temos propósitos; temos obreiros comprometidos; dispomos de membros voluntariosos para o trabalho, enfim, Deus pode contar conosco. E é por isso que temos colhido como resultado, a marca que hoje alcançamos. Para a glória de Deus, nosso banco de dados hoje, soma 118.404 membros e congregados. Isso sem considerar que ainda temos um pouco mais de 3.500 membros a serem inclusos no rol. Na verdade, estamos ultrapassando a casa dos 120 mil membros. É hora de cada obreiro, cada congregação e cada igreja, parar um pouco, meditar no que isso significa, culturar e adorar a Deus em ação de graças e, daí, repensar o que mais se pode fazer para dobrar esse número e em quanto tempo pretende isso. Que o Senhor nos abençoe nisso.  

Veja mais...